top of page
  • pactosantacruzpela

GGIM discute o Pacto pela Paz na primeira reunião presencial do ano

O Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) reuniu-se presencialmente pela primeira vez em 2022, na manhã desta sexta-feira (08/04), no Salão Nobre do Palacinho. O grupo funciona como um fórum deliberativo e executivo, vinculado ao gabinete da prefeita Helena Hermany, para a implementação de ações e políticas públicas de prevenção à violência e combate à criminalidade.

A reunião teve como mote a apresentação de resultados da Pesquisa de Vitimização, realizada no município em novembro do ano passado. O trabalho, realizado pelo Instituto IPO, ouviu 1000 pessoas, acima dos 16 anos. Além disso, também foram detalhadas as ações previstas no Pacto.

A pesquisa, apresentada pelo diretor do Instituto Cidade Segura Alberto Kopittke, demonstrou aspectos positivos da cidade, como os índices de sensação de segurança (60%) e a percepção da atuação da prefeitura na segurança pública (70%). “A cidade apresenta bons indicadores, não é um local em crise”, avaliou.

Este diagnóstico serviu de base para as 27 ações do Pacto, divididas em dois eixos – prevenção da violência e aplicação da lei. O trabalho envolverá diversas secretarias municipais, órgãos de segurança pública e diversos segmentos da sociedade. O secretário de Governança e Relações Institucionais e coordenador do Pacto, Everton Oltramari, falou sobre o modelo de gestão e enfatizou a necessidade de mobilizar cada vez mais a comunidade em torno da causa, com a criação de um conselho municipal do pacto, com integrantes de diferentes setores da sociedade.

A prefeita Helena Hermany enfatizou que o GGIM é um dos grandes fatores propulsores do Pacto. “A parceria de todos será fundamental para que tenhamos sucesso. Tudo só será possível se todos se envolverem e participarem”, comentou.

O vice-prefeito Elstor Desbessell mostrou-se bastante otimista em relação ao futuro do projeto. “Que saiamos desta reunião com empolgação, para que Santa Cruz do Sul se torne destaque”, concluiu.

Terceira Idade – A proposta do líder do governo na Câmara, vereador Henrique Hermany, para a criação de uma Delegacia de Proteção ao Idoso no município recebeu moção de apoio do GGIM por unanimidade. O pleito, que já obteve apoio do Legislativo Municipal, também foi encaminhado ao Governo do Estado e às autoridades de segurança pública. A partir da manifestação do vereador, também ficou estabelecida a criação de ações voltadas ao público acima dos 60 anos dentro do Pacto Santa Cruz Pela Paz.

Também participaram do encontro secretários municipais e representantes da Brigada Militar, Exército, Susepe, Corpo de Bombeiros, IGP, Polícia Rodoviária Estadual, Guarda Municipal, Defesa Civil, Fiscalizacao de Trânsito e Vigilância Sanitária.

Divulgação – O coordenador do Pacto Santa Cruz Pela Paz, Everton Oltramari, e o diretor executivo do Instituto Cidade Segura, Alberto Kopittke, apresentaram o projeto e resultados da Pesquisa de Vitimização de Santa Cruz do Sul à imprensa na tarde desta sexta-feira (08/04).

Oltramari convidou os veículos de comunicação a se engajarem na promoção do Pacto. “Precisamos da parceria da imprensa, para que possamos criar essa onda de prevenção na cidade”, comentou.

Kopittke enfatizou que a pesquisa chegou a um diagnóstico rápido, para as prioridades do município pudessem ser identificadas. “Isso nos ofereceu um embasamento técnico para a definição de ações”, comentou.

Ele destacou que os dados de Santa Cruz do Sul são os melhores com o que o instituto já se deparou. “Independente de governo, o que o Pacto está estruturando são ferramentas para toda a sociedade”, explicou.

O Pacto Santa Cruz Pela Paz é um programa de prevenção à violência e combate à criminalidade baseado em evidências científicas, integração e inteligência, com 27 ações de prevenção e repressão qualificada.

Também participaram do encontro o secretário de Habitação, Desenvolvimento Social e Esporte, Everson Carvalho de Bello; consultor de Aplicação da Lei do Instituto Cidade Segura, Alex Brandão; secretário-executivo do projeto, Tiago Baggiotto; e a coordenadora de comunicação do projeto, Cassiane Kersting.

Mais informações sobre o Pacto Santa Cruz Pela Paz podem ser obtidas no site www.pactoscs.com.br.



4 visualizações0 comentário
bottom of page