top of page
  • pactosantacruzpela

Laboratório de Drogas e Cartório do Idoso reforçam a segurança pública em Santa Cruz

A luta contra o crime em Santa Cruz do Sul recebeu reforços na manhã desta quinta-feira (29/09). As inaugurações do Laboratório Regional de Drogas do Instituto Geral de Perícias (IGP) e do Cartório do Idoso, juntamente com a entrega de duas novas viaturas à Polícia Civil, representarão um grande incremento para a atuação das forças de segurança no município.


As iniciativas, que fazem parte do Pacto Santa Cruz pela Paz, programa municipal de prevenção à violência, foram apresentados à comunidade em ato integrante da Semana do Município, realizado no Centro Integrado de Segurança Pública e Cidadania (CISP), onde o próprio laboratório e o Cartório do Idoso estão instalados.


A Prefeitura foi responsável pela aquisição de todos os equipamentos para a estrutura do Laboratório, com um investimento estimado em R$ 30 mil. O local será responsável pela análise de drogas apreendidas em Santa Cruz do Sul e no Vale do Rio Pardo. Com a iniciativa, as apreensões de narcóticos realizadas no município e região não precisarão mais ser enviadas a Porto Alegre para análise, dando mais celeridade ao trabalho policial.


Presente ao ato, a coordenadora da 10ª Coordenadoria Regional de Perícias, perita criminal Marguet Inês Hoffmann Mittmann, anunciou a destinação de mais três servidores para IGP no município: um perito criminal, um técnico em perícias e um médico legista. Ela destacou o pioneirismo de Santa Cruz do Sul. O Laboratório Regional de Drogas é o primeiro do gênero no interior do Estado.


O secretário municipal de Governança e Relações Institucionais, Everton Oltramari, destacou que a atual gestão tem realizado atuação cuidadosa, com ações bem planejadas, o que permitiu a realização dos feitos anunciados. “O trabalho de nosso governo é como a agricultura: é preciso preparar o solo e semear. Hoje, estamos colhendo os frutos junto com a comunidade”, declarou.


A luta por uma área policial especializada para o atendimento de crimes contra pessoas da terceira idade surtiu resultado. A criação do Cartório do Idoso, com dois servidores designados, começou a partir da ideia da criação de uma delegacia especializada, defendida pelo líder do Governo na Câmara, vereador Henrique Hermany. A sugestão teve apoio do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) e também recebeu indicação unânime da Câmara de Vereadores.


Conforme o vereador Hermany, ações como as anunciadas colocam a cidade na trilha para se tornar uma das mais seguras do Estado. Ele enfatizou que manterá a mobilização para a instalação da Delegacia do Idoso no município. “Aproveito a oportunidade para reforçar esse pedido”, declarou.


Ao final do ato, a prefeita Helena Hermany fez a entrega simbólica das chaves de duas viaturas ao delegado Luciano Menezes, titular da 16ª Delegacia Regional de Polícia Civil. A primeira, um Toyota Corolla, foi adquirida pela Prefeitura Municipal e repassada à Delegacia da Mulher. A segunda, uma camionete Hilux, foi adquirida pelo Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública, através do retorno de ICMS do empresariado santa-cruzense.


O subchefe da Polícia Civil do Estado, Vladimir Urach, enfatizou a união entre Poder Público e comunidade encontrada em Santa Cruz do Sul. Para Urach, a instalação do Laboratório representará um grande ganho ao trabalho policial, com mais agilidade nos resultados e redução de custos. Ele ainda anunciou a destinação de quatro novas viaturas para o Vale do Rio Pardo – uma para Santa Cruz – e de novos fuzis para os agentes do município.


A prefeita Helena Hermany salientou a sensibilidade das lideranças da região, que têm atuado ao lado da Administração Municipal para a concretização de conquistas como as anunciadas. Conforme Helena, o apoio do secretariado, de vereadores, das forças de segurança pública, das entidades empresariais e da sociedade é indispensável para que o município siga avançando. “Precisamos pensar a cidade como um todo, e isso só é possível com integração. Queremos que Santa Cruz seja a cidade mais segura do Estado”, afirmou.



Para o delegado Luciano Menezes, o dia foi de comemoração e agradecimentos. Ele frisou o empenho em buscar melhores condições de trabalho e o aprimoramento do serviço prestado ao cidadão no município. Conforme Menezes, a instituição do cartório é um grande ganho para a comunidade. “É o primeiro passo para dar um atendimento melhor ao idoso”, avaliou.


O evento contou também com a participação do vice-prefeito e secretário de Planejamento e Orçamento, Elstor Desbessell, integrantes do secretariado, vereadores, representantes das forças de segurança pública, do empresariado e da comunidade.












17 visualizações0 comentário
bottom of page