top of page
  • pactosantacruzpela

Pacto pela Paz: Cerca de 200 professores da rede estadual aderem ao projeto

Dando continuidade à capacitação de educadores, dentro do projeto de prevenção à violência Pacto Santa Cruz pela Paz, na noite da última segunda-feira, 21, cerca de 200 professores da rede estadual participaram da atividade. O encontro ocorreu na Escola Estadual Willy Carlos Frohlich, conhecido como Colégio Polivalente, do Bairro Faxinal Menino Deus.

Na ocasião, um jovem chamou atenção pela sua proatividade, e mostrou que o protagonismo juvenil também é uma das propostas do Pacto pela Paz. Jones dos Santos da Silva, de 18 anos, aluno do educandário, foi quem apresentou o mascote Bento, personagem que representa o programa Seja, destinado a alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental. O jovem, que cursa o 2º ano do ensino médio, caracterizou-se do personagem e tirou de letra os quesitos animação e interpretação. “Ele é um guri de ouro. Muito educado, sempre prestativo, e inclusive já mobilizou os colegas em uma ação beneficente para auxiliar um aluno que sofreu um acidente”, contou a vice-diretora, Rejane Henn.

O coordenador da 6ª Coordenadoria Regional de Educação, Luiz Ricardo Pinho de Moura, prestigiou a atividade. “Quero agradecer à prefeitura por nos convidar a participar deste projeto. Sou um defensor das decisões de território, porque acredito que o regime de colaboração entre todos pode tornar nossa corrida um pouco mais leve. E este projeto veio num momento oportuno, porque, se queremos a paz, precisamos promover a paz. A educação estadual não poderia ficar de fora de uma proposta como esta”, afirmou.

Já o secretário Municipal de Governança e Relações Institucionais, Everton Oltramari, coordenador do Pacto, ressaltou a importância da atuação dos professores. “Sabemos que este trabalho vocês, educadores, já fazem no dia a dia em sala de aula. E o Pacto chegou para auxiliar vocês neste processo de prevenção à violência. Enquanto gestores públicos, e aqui representando a prefeita Helena, somos muito gratos a todos os professores que aceitaram se engajar nesta proposta”, declarou.

Professora da Escola Estadual Nossa Senhora de Fátima, Sunara Figueiredo Schaefer, diz que o Pacto chegou para auxiliar nas atividades pedagógicas. “O Pacto contribuirá muito, porque vem complementar o trabalho que já fizemos, especialmente na educação socioemocional, no autoconhecimento, e inclusive nos direitos e deveres dos nossos alunos”, afirmou.

Da mesma instituição, a orientadora educacional Marta Kersting Costa, também avaliou o projeto. “É uma grande oportunidade para envolver os professores e alunos em busca de um objetivo comum, que é a educação socioemocional", finalizou. O próximo encontro de capacitação da rede estadual ocorrerá no dia 28 de março, no mesmo local.


3 visualizações0 comentário
bottom of page