top of page
  • pactosantacruzpela

Pacto Pela Paz inicia visita a instituições para coletar sugestões

Dentro do cronograma de ações do Programa Pacto Santa Cruz Pela Paz, realizado pela Prefeitura de Santa Cruz, através da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmob), foi realizada nesta sexta-feira, 5, um roteiro de visitas a três instituições do Município: Coordenadoria Regional de Educação (6ªCRE), Comando Regional da Brigada Militar, e na Delegacia Regional da Polícia Civil.

As visitas têm o propósito de apresentar o projeto e coletar sugestões acerca de possíveis ações a serem executadas no próximo ano. “Nesta primeira etapa estamos realizando um diagnóstico para construir o projeto junto com a comunidade, ouvindo opiniões. É uma fase de construção, dentro de um processo colaborativo”, disse o secretário da Sesmob, Everton Oltramari.

O projeto foi apresentado pelo diretor executivo do Instituto Cidade Segura, Alberto Kopittke. “Estamos num processo de diálogo com as instituições. A chave do projeto é integrar, é unir todas as forças da sociedade. Vamos valorizar as ações que já estão sendo realizadas e ouvir as pessoas para implantarmos iniciativas de prevenção à violência”, afirmou.

O coordenador da 6ª CRE, Luiz Ricardo Pinho de Moura, aprovou a iniciativa. “Queremos entrar para valer nessa cultura de paz. Especialmente nesse período de turbulências causado pela pandemia, precisamos trabalhar mais o acolhimento, o aconselhamento. Vamos sensibilizar nossas equipes diretivas, e com a capacitação que o Instituto vai proporcionar aos professores, vamos contribuir para que este não seja só mais um projeto, mas será o projeto”, garantiu.

Para o comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Rio Pardo, coronel Valmir José dos Reis, o Pacto Pela Paz será de extrema importância para a prevenção à violência. “Este projeto é muito importante e de grande avanço na prevenção ao crime. É um projeto prático, que com certeza dará bons resultados”, destacou.

A titular da 1ª Delegacia de Polícia, delegada Ana Luísa Aita Pippi, destacou a importância do projeto. “Queremos contribuir com o Pacto. A iniciativa é muito válida, pois vai atuar nas causas da violência, por isso estamos engajados e empolgados porque toda cidade ganha com ações como esta”, afirmou.

A partir deste sábado, 6, mais uma etapa do Pacto Santa Cruz Pela Paz será realizada. Coordenada pelo Instituto Cidade Segura, será realizada uma pesquisa com mil santa-cruzenses sobre as situações de violência mais frequentes já vivenciadas.

Na próxima semana, visitas a outras instituições de segurança, Poder Judiciário, Ministério Público, entidades representativas, entre outras, estão programadas.


5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page